Lucinda Chambers deixa o posto de Diretora de Moda da Vogue UK

Lucinda Chambers, a diretora de moda da Vogue Britânica, deixará seu posto em breve, no mesmo momento em que sua chefe Alexandra Schulman também deixa a publicação.

@britishvogue
Sobre seus 36 anos na publiacção, Chambers disse: "Eu adoro a Vogue britânica e estou muito orgulhosa de ter sido uma parte dela por tanto tempo."

Nenhuma razão foi dada para sua decisão de sair, embora sua partida coincida com a chegada de Edward Enninful, o primeiro editor do sexo masculino na história da Vogue britânica. Ele tem uma história como um diretor de moda mais prático, enquanto Shulman é uma jornalista mais convencional.

Chambers começou na Condé Nast em 1980 no departamento de contas, mas mais tarde passou para o editorial da Vogue e em um ponto foi assistente da então diretora de moda, Grace Coddington. Ela assumiu esse papel ao mesmo tempo em que Shulman se juntou como redatora-chefe.

Shulman disse em um comunicado no site da Vogue na quarta-feira que "Lucinda tem sido a colaboradora criativa mais maravilhosa, além de amiga, em toda a minha editoria". Ela também disse que ela produziu "muitos dos mais influentes e inspiradores editoriais de moda no mundo, durante seu tempo como diretora de moda desta revista, bem como um grande número de nossas capas mais notáveis. "

Chambers é conhecida especialmente por sua forte relação de trabalho com fotógrafos estrelas, incluindo Mario Testino, com quem ela produziu diversos editoriais memoráveis.













 

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirNomeações