Hubert de Givenchy falece aos 91 anos

Hubert de Givenchy, o designer francês de moda aristocrata, famoso pelo "Little black dress” (vestidinho preto) e pelo estilo de Audrey Hepburn e Jackie Kennedy, faleceu aos 91 anos, informou o seu parceiro na segunda-feira (12).


Hubert de Givenchy - DR

Givenchy definiu a elegância feminina nas décadas de 50 e 60, e seu estilo restritivo ainda define o vestuário da rainha Elizabeth II e das socialites americanas e chinesas mais antigas.

Seu antigo companheiro, o ex-designer de alta-costura Philippe Venet, anunciou o falecimento através da marca de moda Givenchy, e informou que Hubert faleceu morreu enquanto dormia, no sábado. "É com grande tristeza que informamos que Hubert Taffin de Givenchy morreu", afirmou em um comunicado à AFP.

Foi com a amizade de 40 anos entre Givenchy e Audrey Hepburn, que ele conheceu no set de filmagem do filme vencedor do Oscar, dirigido por Billy Wilder, "Sabrina", em 1953, que ele se tornou uma lenda da moda.

Os trajes de colarinho estreito e os vestidos de lã longilíneos Givenchy criados para a atriz para para os filmes, “Cinderela em Paris" e "Como Roubar um Milhão de Dólares", fizeram ambos se tornarem ícones de estilo.

O vestido de bainha preta que ele criou para as cenas de abertura do cultuado filme “Bonequinha de Luxo" foi talvez o mais famoso "Little black dress" de todos os tempos, embora a lenda da moda de Paris, Coco Chanel, seja creditada com a invenção da peça.

Foi também o look Givenchy que a ex primeira-dama dos Estados Unidos, Jacqueline Kennedy, adotou para os anos em que viveu na Casa Branca, seguindo um uniforme de vestidos shifts, chapéus pillbox e pumps de salto baixo. O casaco vermelho que ela usou durante a campanha presidencial de 1960 também foi uma cópia de Givenchy.

Em uma visita oficial à França no ano seguinte, Jackie Kennedy fez uma famosa entrada principal em um vestido de seda de seda branca Givenchy na ocasião de um jantar no Palácio de Versalhes, que parecia tão real quanto qualquer consorte de monarca europeu.

"Hubert de Givenchy foi um símbolo da elegância parisiense há mais de meio século", sua marca disse na segunda-feira. "Ele foi o primeiro estilista a lançar uma linha de prêt-à-porter de luxo. Ele revolucionou a moda internacional ao criar os looks atemporais de Audrey Hepburn, sua amiga e musa por mais de 40 anos".

O magnata da moda, Bernard Arnault, chefe do gigante grupo de luxo LVMH, que agora é proprietário da Givenchy, liderou os tributos, dizendo que "Hubert foi um dos criadores que colocaram Paris no topo da moda mundial na década de 50”.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

Moda - Pronto-a-vestirPersonalidades