Gucci, bolsas com logotipos e pochetes no topo do ranking RealReal

The RealReal, o portal americano dedicado a produtos de luxo em segunda mão, acaba de publicar o seu relatório semestral, revelando uma série de tendências, as marcas mais procuradas, os produtos mais populares e as flutuações no valor de revenda.

Bolsas com o famoso padrão Gucci registraram um aumento de 51% no seu valor de revenda no The RealReal - Instagram: @gucci

Entre os utilizadores da plataforma, é a Gucci que lidera pela primeira vez o número de pesquisas, fazendo a Chanel cair para o terceiro lugar, enquanto Louis Vuitton, Christian Louboutin e Hermès conservam os seus respectivos segundo, quarto e quinto lugares.
 
A Gucci é igualmente líder em termos de crescimento de vendas, com um aumento de 62% na plataforma entre as mulheres de todos os grupos etários, em comparação com o ano anterior. A Hermès, que ficou em segundo lugar com um crescimento global de 40%, é também a marca que registrou o maior crescimento entre os millennials, com um aumento de 71% junto deste grupo etário.
 
As cinco marcas mais populares revendidas e compradas por mulheres na plataforma são Chanel, Hermès, Louis Vuitton, Gucci e Christian Louboutin.

Do ponto de vista dos produtos em si, as bolsas com logotipo destacam-se particularmente. O valor de revenda das bolsas Dior, por exemplo, subiu 84%, enquanto as bolsas Gucci - decoradas com o famoso motivo - e Fendi viram o seu valor na plataforma aumentar 51% e 32%, respectivamente.
 
O relatório destaca ainda uma série de tendências sobre o valor de revenda de diferentes marcas, sublinhando que se Golden Goose e Ulla Johnson registraram uma progressão entre os clientes do site, com aumentos de 33% e 15%, marcas como Tory Burch e Johanna Ortiz viram o seu valor cair 34% e 27%, respectivamente. A Gucci tem sentido um aumento significativo tanto com as mulheres (+12%) como com os homens (+21%), enquanto a Vetements passou por um declínio de 22% junto das mulheres e de 20% junto dos homens.

Entre os utilizadores do sexo masculino da plataforma a Rolex liderou o ranking das marcas adquiridas pela faixa etária dos 18 aos 34 anos, seguida pela Gucci e pela Louis Vuitton. Entre os millennials, a Gucci é a marca mais revendida pelos utilizadores, com a Louis Vuitton e a Hermès em segundo e terceiro lugares.
 
Uma das tendências mais surpreendentes identificadas pelo relatório é talvez a explosão da popularidade da pochete junto dos clientes do sexo masculino: +614% de pesquisas no site, enquanto as camisas havaianas também registraram um impressionante aumento de 84%.

Em relação aos sapatos para homem, o modelo Low-Tops de Yeezy x Adidas é o mais popular em ambas as costas do país, sendo o mais vendido em Nova Iorque e Boston, assim como em Los Angeles e São Francisco. Exceções notáveis são Washington DC e Houston, onde a Christian Louboutin conquistou o primeiro lugar, bem como Dallas e Filadélfia, onde a Gucci saiu vencedora.

Para justificar a utilidade do relatório, Rati Levesque, diretora de marketing do The RealReal, declarou num comunicado: "A revenda de bens de luxo cresceu exponencialmente: nunca foi tão comum. A indústria do luxo volta-se para o mercado da revenda para identificar tendências macro e micro, e para determinar com precisão os desejos dos consumidores."

"Com mais de 8 milhões de artigos vendidos, os nossos dados fornecem uma visão direta sobre essas tendências e acreditamos que este relatório revela informação crucial", conclui.
 
O relatório está disponível no site da plataforma.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - AcessóriosLuxo - CalçadosRelojoariaLuxo - DiversosModa - DiversosIndústria
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER