Galeries Lafayette vai abrir lojas em Istambul e Kuwait

A cadeia francesa de lojas de departamento Galeries Lafayette planeia abrir uma segunda loja em Istambul e a sua primeira na Cidade do Kuwait em 2019, chegando aos consumidores de luxo do Oriente Médio.


O grupo também se prepara para abrir uma loja em Doha, Qatar, em 2018 - Galeries Lafayette

“Estes dois projetos dão mais substância aos nossos objetivos de consolidação das nossas posições no Médio Oriente, onde teremos uma rede de oito lojas”, disse em comunicado, na segunda-feira, Nicolas Houze, presidente-executivo do grupo de propriedade familiar.
 
“Isto irá aproximar-nos do nosso objetivo de ter cerca de 20 lojas em mercados internacionais dentro de cinco anos.”

A loja da Cidade do Kuwait, com 7500 metros quadrados, está localizada no Assima, um centro comercial próximo do distrito central de negócios da cidade, e será operada sob um franchise com a Ali Bin Ali, um grupo familiar de varejo e bens de luxo.
 
A segunda loja em Istambul estende-se por mais de seis mil metros quadrados no centro comercial Vadistanbul, e é operada sob um franchise com o grupo DEMSA, um grupo turco especializado em varejo.
 
O grupo Galeries Lafayette, conhecido pela sua loja emblemática na Boulevard Haussmann, em Paris, também tem lojas em Berlim, Jacarta, Dubai, Beirute e Pequim.
 
O grupo abriu a primeira loja em Istambul em maio de 2017 e prepara-se para abrir uma loja em Doha, no Qatar, em 2018.
 
Este ano, num relatório sobre a indústria global de bens de luxo, a Deloitte mencionou o Oriente Médio como um mercado em grande crescimento, com os gastos elevados, particularmente no Qatar e Abu Dhabi, impulsionando as vendas de grandes marcas

Traduzido por Estela Ataíde

© Thomson Reuters 2018 Todos os direitos reservados.

LuxoArte de viverDistribuição