Estée Lauder eleva suas projeções anuais após bom trimestre

© 2017 AFP - O grupo americano de cosméticos, Estée Lauder, surpreendeu Wall Street na quarta-feira (31), aumentando seus objetivos financeiros anuais após os bons resultados trimestrais obtidos devido às boas vendas de perfumes e produtos de maquiagem.


Advanced Night Repair - Estée Lauder - Facebook

O grupo Estée Lauder, que comercializa as marcas DKNY, Jo Malone, La Mer, Ermenegildo Zegna, Mac, Clinique, Michael Kors, Tom Ford, Tommy Hilfiger, além da marca homônima, viu suas ações subirem mais de 8% no pré pregão eletrônico em Wall Street. O grupo já ganhou mais de 46% desde o início do ano.

O lucro líquido subiu 45,2% para 427 milhões de dólares no primeiro trimestre de seu exercício fiscal 2017/18 escalonado, com encerramento em 30 de setembro.

Isso resultou no lucro por ação ajustado, referência na América do Norte, de 1,21 dólar, em comparação com uma média de 0,97 dólar, que era esperado pelos analistas financeiros.

O grupo, que está tentando se reinventar seduzindo jovens consumidores com seus embaixadores estrelas das mídias sociais, como a top model Kylie Jenner, registrou um aumento de 14,3% para 3,27 bilhões de dólares em vendas.

O resultado se deve às boas vendas de produtos de maquiagem, que subiram 17,7% para 1,37 bilhão de dólares, principalmente graças aos itens da marca Tom Ford.

Impulsionada por La Mer, Glamglow e Origins, a receita de produtos de cuidados pessoais cresceu 15,7% para 1,28 bilhão de dólares, enquanto as receitas de perfumes aumentaram 7,7% para 476 milhões de dólares.

No processo, a Estée Lauder elevou seus objetivos financeiros para o ano fiscal completo, apesar de estimar custos entre 135 e 155 milhões de dólares em suas contas devido à reestruturação que está ocorrendo.

Os ganhos ajustados por ação devem permanecer entre 4,04 e 4,12 dólares contra 3,87 - 3,94 dólares, estimados anteriormente, e as vendas devem crescer ente 8 e 9% em moedas constantes, em comparação com os 7 e 8%, esperados anteriormente.

Os analistas financeiros esperam lucro anual por ação de 3,99 dólares.

Para o trimestre atual, essas previsões representam um aumento de 10 a 11% nas vendas, e lucro por ação de 1,38 a 1,41 dólar para expectativas de 1,41 dólar.
 

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

CosméticaNegócios