Em abril, vendas do comércio varejista crescem quase 2%

No mês de abril, o varejo brasileiro registrou alta de 1,9% no volume de vendas com relação ao mesmo período do ano passado (sem ajuste sazonal). Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Na comparação mensal, o crescimento foi de 1% em volume de vendas e 1,3% em receita nominal. Ao mesmo tempo, houve queda de 1,6% no acumulado dos quatro primeiros meses do ano.

Shutterstock

Para a receita nominal de vendas, os mesmos indicadores têm variações positivas: 3,4% frente a abril de 2016 e 1,5% no acumulado no ano. A soma dos últimos doze meses, porém, mostra baixa de 4,6%, a menor taxa desde janeiro de 2016 (-5,3%).

No varejo ampliado, que leva em consideração as atividades de Veículos, motos, partes e peças e Material de construção, a variação anual foi de -0,4% para o volume de vendas e 0,7% na receita nominal. Com relação a março de 2017, houve crescimento de 1,5% para o volume de vendas e de 2,3% para a receita nominal.

Entre os segmentos analisados pela pesquisa, seis dos 10 setores apresentaram crescimento no volume de vendas na comparação anual. O destaque fica para Tecidos, vestimentas e calçados, com alta de 10,8%. Em segundo lugar vem Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação, com 4,5%, seguido de Super e hipermercados, com 4%.

A maior baixa registrada frente a abril de 2016 foi no segmento de Veículos e motos, partes e peças, com queda de 12% no período. Se o varejo ampliado não for levado em consideração, o principal recuo fica contabilizado no segmento de Móveis, com -5%.

Fonte: Portal NOVAREJO

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - CalçadosIndústria