Drones de entrega do Walmart poderão ser rastreados por blockchain

O Walmart acionou o US Patent e Trademark Office (USPTO) para registrar um sistema de rastreamento de entrega de pacotes que usa blockchain, a tecnologia de rastreabilidade quase intransponível que promete ser o futuro da segurança nas operações virtuais. O sistema tem garantido, por exemplo, a idoneidade das criptomoedas, como o Bitcoin.

Shutterstock

O sistema patenteado pelo Walmart registra o conteúdo do pacote, as condições ambientais, localização e outras informações. Tudo isso no sistema de cadeias de blocos ou blockchain. Essa é a segunda tentativa da rede varejista americana de patentear um sistema de rastreamento desse tipo, mas o primeiro pedido foi arquivado, segundo informações do portal Interesting Engineering.

Solução para os perecíveis

O Walmart vem testando maneiras de transpor as dificuldades de remessa de produtos para seus clientes. As principais dificuldades estão relacionadas ao envio de produtos perecíveis, que representam boa parte das vendas da rede varejista.

Em apresentação do pedido de patente ao USPTO, o Walmart afirma que os drones serão programados com dispositivo criptografado contendo os endereços ao longo da cadeia. Vendedor e consumidor terão cada um uma chave de acesso ao conteúdo do drone.

O Walmart também procurou aplicar a tecnologia blockchain a outras áreas do seu negócio. Em 2017, uma parceria com a Kroger, a Nestlé e outras empresas do setor alimentar junto com a IBM, referência na tecnologia blockchain, buscava soluções para rastrear a origem dos alimentos.

Fonte: Novarejo

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Distribuição