Colômbia: uma país estratégico para exportações e 'fashion business'

Com previsões otimistas e clima de retomada para os negócios de moda predominando em território nacional, buscar novos mercados e eventos ligados ao fashion business, que funcionem como vitrines prósperas, soa como estratégia pertinente para o momento.

Última edição da Colombiatex
 
Janeiro e fevereiro são meses de feiras de lançamentos, no Brasil e no mundo, logo estamos em um bom período para fazer uma triagem do perfil de cada uma, vislumbrando o planejamento do melhor modo de estar no lugar certo, no momento certo, com o produto certo.
 
Em termos de fashion business, a Colômbia tem se destacado como um país estratégico na América Latina, pois a cultura do país é direcionada para a exportação e as atitudes governamentais e de gestão em relação a este objetivo são bastante destemidas, além de vir fomentando incentivos que vão da captação de compradores até campanhas para manter os negócios classificados dentro dos padrões da legalidade.
 
Impulsionada também pelos tratados de livre comércio, durante a mais recente edição da Colombiatex, feira que já está em sua vigésima nona edição sendo considerada a maior da América Latina, o ProColombia conectou cerca de 75 compradores internacionais de mais de 16 países com a oferta nacional.
 
São esforços que elevam a importância da feira e o volume de negócios e impulsionam também os participantes, motivo pelo qual o Brasil tem ampliado sua presença no evento. Além disso, a nova política industrial que o Governo do país vizinho promove inclui um documento que beneficia 7.100 empresas da cadeia têxtil do país - o Conpes 3866 -, que também produz 400.000 empregos diretos.
 
A cifra mais recente abordando a realização do evento corresponde ao valor de 326 milhões de dólares em expectativas de negócio – sendo a maioria destinados à aquisição de produtos têxteis e de maquinaria.
 
Deste trabalho de captação de novas oportunidades realizado com ajuda da Câmara de Comércio de Medellín, apoio do Inexistiram Moda e da aliança 'Antioquia Exporta Mas', salientou-se o interesse comercial de países como Estados Unidos, Equador, México, Peru, Guatemala e Costa Rica. Além disso a união de forças propicia encontros de Networking estimulando exportações de empresas colombianas.
 
Colombiatex e Colombiamoda têm sido reconhecidas no mundo como um lugar importante para o segmento têxtil e moda. De acordo com o prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez Zuluaga, a feira deixa lucro econômico na cidade de quase 27 milhões de dólares. Ainda de acordo com o prefeito, "o setor é um dinamizador da economia e, na Antioquia, está concentrado à altura de 45,5% na produção têxtil e nas confecções do país".

Copyright © 2018 Guia JeansWear. Todos os direitos reservados.

ModaIndústriaSalões de Moda
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER