Chanel e a little black jacket: saiba mais

Falar em Chanel e não se impressionar com sua história é o mesmo que beber champanhe e não sentir cócegas no nariz com o perlage da bebida. Chanel está diretamente ligada a um dos mais curiosos casos relacionados ao consumo na modernidade, assim como sua trajetória ao mundo da moda. The Little Black Jacket, exposição que esteve recentemente no Brasil, mostra que o allure dessa verdadeira – e, talvez, a mais poderosa – diva de todos os tempos vive.

:: UM POUCO DE HISTÓRIA

O sucesso de Coco Chanel, analisado sob o ponto de vista psicanalítico, é contraditório às melhores previsões que sua própria história traçou. Abandonada pelo pai, após a morte da mãe, em um orfanato de Aubazine, na França – juntamente com suas irmãs –, Gabrielle Chanel fez parte de um grupo especial de meninas, daquelas que não contavam com nenhum recurso de seus familiares para sua manutenção na instituição. Em miúdos, significou roupas e calçados usados em seu repertório diário de opções no guarda-roupa. E, claro, um tratamento diferenciado na escola.

Preto era comum no ambiente em que vivia e o hábito vestido pelas freiras pode ter influenciado em um dos seus maiores clássicos que, no futuro, mal sabia ela, comandaria um exército mundial de mulheres (o duo preto e branco). Figura de estatura baixa, aparência frágil e porte pequeno, Chanel guardava uma personalidade forte e muito determinada. Uma visionária, que pode ter sido a maior marqueteira que o mundo moderno conhecera.

A sorte foi fundamental para ela, que sempre encontrou em seus amores respaldo financeiro e encorajamento para colocar em prática suas ideias. Chanel era de uma audácia única e foi com essa característica intrínseca que ela retirou os espartilhos debaixo das roupas femininas, vestiu mulheres com calças e, em 1903, deu o pontapé na confecção de roupas próximas às que hoje conhecemos. Chanel via o que ninguém via, sentia o que muitos não sentiam.

Assim, ela teve a ideia de encomendar um perfume, incomum à época. Solicitou uma fragrância única, com dezenas de notas diferenciadas e, ao sentir o resultado de todos os testes, se apaixonou pelo número 5, com o qual batizou a preciosa combinação. O perfume virou hit e é um dos itens mais vendidos até hoje pela marca. Por falar em hits, ainda existem vários outros, como o vestido “pretinho básico”, a bolsa Chanel 2.55 e o famoso tailleur em tweed – que se eternizou na pele de Jacky e a acompanhou na última viagem com o marido, John Kennedy, então presidente dos Estados Unidos, no dia de sua morte, em Dallas, no ano de 1963.

:: THE LITTLE BLACK JACKET

A icônica jaqueta Chanel virou exposição nas mãos de Karl Lagerfeld, diretor-criativo da maison. Ele ainda teve a ajuda de Carine Roitfeld, editora da revista CR e sua amiga pessoal. De posse da sua câmera, Lagerfeld fotografou personalidades, artistas e amigos da marca Chanel, no projeto que ganhou o mundo: The Little Black Jacket: CHANEL's classic revisited by Karl Lagerfeld and Carine Roitfeld.

A exposição percorre grandes cidades do mundo como Tóquio, Paris, Nova York, Londres, Milão, Pequim e, no Brasil, São Paulo foi a metrópole escolhida para hospedar as mais de 100 fotografias feitas pelo kaiser da moda nos meses de novembro e dezembro de 2013. Entre os rostos famosos clicados por ele estão lindas mulheres como as atrizes Diane Kruger, Keira Knightley, Sarah Jessica Parker, a brasileira Laura Neiva, a cantora Rita Ora e a produtora musical Caroline de Maigret.

Nem os homens ficaram de fora. Entre eles estão Baptiste Giabiconi, Gaspard Ulliel, Joshua Jackson e Vladimir Restoin-Roitfeld, este último, filho de Carine. A mostra reúne imagens do livro homônimo, além de novas participações.

Muito mais que uma celebração da modernidade e atemporalidade da jaqueta Chanel, o mago Lagerfeld mantém vivo o espírito avant-garde de Coco Chanel. Clássicos nunca morrem: essa pode ser a principal prerrogativa da exposição que encanta visitantes ao redor do mundo. A versátil jaqueta é fotografada em homens, mulheres, crianças e idosos, nos mais diferentes estilos e poses, deixando clara sua incorrigível audácia – característica igualmente comum à de sua dona.

Fotos: Divulgação

Copyright © 2017 Exclusivo On Line. Todos os diretos Reservados.

Luxo - DiversosPersonalidades