Burberry deixa o mercado chileno

De forma repentina, o luxo da marca inglesa Burberry retirou-se do mercado chileno depois de três anos e meio de operação. De acordo com a mídia local, o fechamento é resultado da ligação entre o Grupo Wisa do Panamá (proprietário da franquia para a América Latina) com empresas do tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.


Burberry deixa o mercado Chile - Emol

No início deste mês, a única loja Burberry instalada no distrito de luxo de Parque Arauco  fechou as cortinas sem a intenção de voltar. O jornal de Negócios e Economia disse que a logo da marca e a publicidade de sua mais recente campanha ainda estão nas vitrines da loja.

Este não é o primeiro fechamento causado pela crise que existe no Grupo Wisa. Antes da Burberry, em 2016 foi afetada a marca La Riviera, na Colômbia, onde os proprietários das locações não renovaram os contratos de aluguel. Por outro lado, Falabella, Price Waterhouse Coopers, Fedco e o Grupo Fossil decidiram acabar com seus acordos comerciais com o grupo do Panamá.
 

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

LuxoNegócios