Boardriders confirma o desaparecimento de seu CEO Pierre Agnès

Uma operação de busca e resgate foi feita por vários dias ao longo da costa atlântica de Landes, e fora do município de Capbreton, na França, em um esforço para localizar Pierre Agnès, CEO da Boardriders, o grupo americano proprietário de marcas como Quiksilver e Roxy. Pierre Agnès foi dado como desaparecido na última terça-feira, 30 de janeiro, depois que seu veleiro foi encontrado naufragado na costa atlântica do país.


Pierre Agnès - Quiksilver

Mas as buscas não tiveram êxito e, na manhã de sexta-feira (2), o grupo anunciou oficialmente o desaparecimento de Pierre Agnès. "Toda a família Boardriders e milhares de pessoas no mundo todo estão de luto por esta trágica perda. Nossos pensamentos e orações estão com sua esposa, filhos, familiares e amigos neste momento extremamente difícil", disse o grupo em comunicado. "Pierre amava sua família, o oceano, a indústria do surf, sua cidade natal Capbreton, a França, o grupo Boardriders e seus funcionários, que ele também considerava como sua família. Ele ajudou a fazer da Quiksilver uma líder da indústria e como legado a deixa como a número 1 do mundo em esportes de deslizamento. Estamos comprometidos em aproveitar sua visão e continuar o sucesso do grupo Boardriders”.

Um ex-surfista de alto nível, Pierre Agnès trabalhou no grupo Quiksilver por 30 anos. Ele assumiu a liderança global do grupo em 2014 e o liderou nos períodos difíceis que levaram a empresa a ser adquirida pelo fundo Oaktree. Pierre Agnès permaneceu como um dos pilares do grupo na cultura do surf.

"Estamos devastados pela perda súbita e inesperada de Pierre. Ele era um espírito vibrante, uma alma humilde, um líder carismático e nosso amado amigo. Nós nos unimos a toda a indústria do surf em luto para lamentar a sua morte", afirmou em um comunicado conjunto Thomas Chambolle,  Diretor Financeiro do grupo, e José Clédera, Diretor de Recursos Humanos, acrescentando: "Estamos profundamente gratos pelos esforços das equipes de busca e resgate que trabalharam incansavelmente para encontrá-lo e pelas mensagens de apoio vindas do mundo todo”.

Pierre Agnès infundiu notavelmente um toque europeu na equipe do grupo esportivo. Na aquisição que está em andamento do concorrente de longa data Billabong, Agnès estava desempenhando um papel importante, estabelecendo vínculos mais estreitos entre os funcionários dos dois grupos, que juntos empregam cerca de 10 mil pessoas.

"Nosso único conforto é que Peter desapareceu no lugar que ele amava - o oceano com sua beleza infinita e imensa, uma de suas paixões", disse Greg Healy, o presidente global da Boardriders. "Sua liderança deixa uma equipe excepcionalmente forte dentro da Boardriders. Ele esteve envolvido no crescimento e renovação da Quiksilver e da Boardriders, e nossas equipes no mundo todo estão empenhadas em honrar sua memória, fazendo com que a empresa progrida com a mesma paixão e energia que ele nos deu”.

O grupo acrescentou que homenagens da comunidade do surf estão sendo organizadas no mundo todo.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirEsporteBalneárioPersonalidades