A colab entre Jason Wu e a start-up Stitch Fix

A Grey, uma das linhas da marca homônima de Jason Wu, acaba de ser anunciada em uma parceria com a Stitch Fix, start-up de tecnologia americana. Com o intuito de criar uma minicoleção colaborativa que atendesse às preferências dos seus consumidores, a empresa de tecnologia convidou o designer para estudar os dados coletados e analisados por meio de algoritmos.

Com base nas informações fornecidas, Wu desenvolveu cinco peças que serão disponibilizadas no programa de assinaturas da start-up. Acompanhe mais detalhes a seguir:

A modelo Josefien Rodermans ao lado de Jason Wu

A Stitch Fix se denomina como uma start-up de personal styling online. Ao acessar o site da empresa, você poderá fazer um cadastro, onde dará informações básicas como idade e sexo, além de indicar qual a maneira que gosta de se vestir e seu estilo de vida. A plataforma permite até mesmo ser conectada com redes sociais como o Pinterest e Instagram, para que seja possível exemplificar através de imagens as suas preferências.

A seguir, esses dados fornecidos são processados e analisados por uma equipe de stylists, que fazem a curadoria de uma seleção de cinco peças de roupa e acessórios que será entregue na casa do cliente dentro da periodicidade escolhida por ele (as opções são mensais, a cada quarenta dias ou bimestrais). Como diferencial, além dos produtos, a caixa recebida também conta com sugestões de composições de looks.

O mais interessante é que dessas cinco peças, o consumidor pode provar e escolher apenas as que mais gostou, pagando apenas por aquelas que quiser ficar. Caso fique com todas elas, um desconto de 25% é dado sobre o valor total da compra.

A fim de oferecer uma experiência a mais, a Stitch Fix chamou Jason Wu para desenvolver uma minicoleção com base no mesmo processo utilizado para a curadoria realizada pela equipe de stylists da empresa. Dessa forma, as preferências de cor e silhueta informadas pelos clientes da start-up serviram de inspiração para a criação de cinco peças: três vestidos, uma camisa e uma blusa, todas direcionadas ao público feminino.


Em declarações, Wu revelou que está contente com a parceria, e que se sente bastante entusiasmado em ser o primeiro a se arriscar em projeto desse tipo. O estilista contou ainda sobre as diferenças no processo de criação, que se torna muito mais livre quando já se sabe o que o cliente está procurando. Nessa minicoleção, ele trabalhou as estampas de uma forma contrastante e que, segundo ele, poucos designers teriam coragem de apresentar direto para a passarela.

Jason Wu completou ainda afirmando que, no seu ponto de vista, iniciativas como essa são o futuro da moda.


Imagens: Divulgação.

Copyright © 2018 UseFashion. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirColeção
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER